Logomarca - Valor Consulting
Logomarca - Valor Consulting

Siga nas redes sociais:

Quais são as faltas (ou ausências) justificadas que o empregado pode dar sem desconto no seu salário?

Resumo:

Estamos listando nesse Roteiro quais são as faltas (ou ausências) justificadas que o empregado pode dar sem desconto no seu respectivo salário. Faremos isso em formato de tabela para facilitar o entendimento, bem como a consulta.

Hashtags: #clt, #jornadaTrabalho, #faltaJustificada, #faltaInjustificada, #acidenteTrabalho, #alistamentoEleitoral, #casamento, #ferias, #gestante, #greve, #licencaMaternidade, #licencaPaternidade, #preNatal, #professor, #servicoEleitoral, #servicoMilitar,

Postado em: - Área: Direito do trabalho.

1) Introdução:

No Roteiro de Procedimentos intitulado "Jornada de trabalho: Faltas justificadas e injustificadas" analisamos de forma detalhada as faltas justificadas e injustificadas, bem como seus reflexos nas férias, no 13º Salário e no cálculo dos respectivos encargos trabalhistas do empregado.

Já no presente Roteiro decidimos publicar de forma resumida uma tabela com a lista de faltas (ou ausências) justificadas que o empregado pode dar sem desconto no seu respectivo salário, visando facilitar seu entendimento e consulta.

Vale mencionar que as faltas justificadas, conceitualmente falando, são àquelas ausências do empregado ao trabalho que não acarretam a perda da remuneração do período. Essas faltas podem ser abonadas em decorrência de lei, norma coletiva ou por determinação do empregador em virtude de regulamento da empresa ou contrato de trabalho (1).

Nota Valor Consulting:

(1) Existem ainda as chamadas faltas injustificadas, entendidas como tal àquelas que não estão previstas em lei, e a empresa pode decidir por descontar o dia do empregado, já que por lei ela não é obrigada a abonar a ausência. Um exemplo dessa situação é a falta para comparecimento a uma reunião escolar do filho, nesse caso, como não há previsão legal para que o empregador abone a ausência, poderá ele decidir pelo desconto do respectivo dia.

Base Legal: Consolidação das Leis do Trabalho - CLT/1943 (Checado pela Valor em 09/10/21).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

2) Tabela de faltas justificadas:

Motivo da faltaDuração da ausênciaBase legal
Acidentes em meios de transporte, quando devidamente comprovados mediante atestado da empresa concessionária. pelo período de atraso. Art. 12, § 3º do Decreto nº 27.048/1949
Aprendizagem. no período de frequência ao curso. arts. 62 e 64 do Decreto nº 9.579/2018
Acidente do trabalho ou doença atestada pelo INSS. no período de afastamento, inclusive os 15 primeiros dias pagos pelo empregador. art. 131, III da CLT/1943
art. 60 da Lei nº 8.213/1991
Art. 75 do RPS/1999
Acompanhamento de filho de até 6 (seis) anos em consulta médica. por 1 (um) dia por ano. art. 473, XI da CLT/1943
Alistamento eleitoral. até 2 (dois) dias consecutivos ou não. art. 473, V da CLT/1943
Comparecimento como parte na Justiça do Trabalho. no período necessário. Súmula TST 155
Comparecimento como jurado no Tribunal do Jurú. no período necessário. Art. 441 do CPP/1941
Comparecimento em juízo. pelo tempo que se fizer necessário. art. 473, VIII da CLT/1943
Casamento. até 3 (três) dias consecutivos. art. 473, II da CLT/1943
Doação voluntária de sangue devidamente comprovada. por um dia, em cada 12 (doze) meses de trabalho. art. 473, IV da CLT/1943
Exame vestibular para ingresso em estabelecimento de ensino superior. nos dias em que estiver comprovadamente realizando provas. art. 473, VII da CLT/1943
Falecimento de:
cônjuge;
ascendente (pai, mãe, avô, avó, etc.);
descendente (filho(a), neto(a), etc.);
irmão (ã); ou
pessoa que, declarada em sua CTPS, viva sob sua dependência econômica.
até 2 (dois) dias consecutivos. art. 473, I da CLT/1943
Faltas justificadas pelo empregador. no período justificado pelo empregador. art. 131, caput, IV da CLT/1943
Férias. no período correspondente às férias. art. 129 da CLT/1943
Futuro pai, para acompanhamento de consultas médicas e exames complementares durante o período de gravidez de sua esposa ou companheira. até 2 (dois) art. 473, X da CLT/1943
Gestante. no mínimo, 6 consultas médicas e demais exames complementares. art. 392, § 4º, II da CLT/1943
Greve, desde que tenha acordo, convenção, laudo arbitral ou decisão da Justiça do Trabalho sobre a manutenção dos direitos trabalhistas aos grevistas. pelo período da paralização. Lei nº 7783/1969
Licença-maternidade (nascimento de filho). por 120 dias, prorrogáveis por mais 14 dias, mediante atestado médico ou; 14 dias, em caso de aborto não criminoso. art. 392 da CLT/1943
arts. 71 e 71-A da Lei nº 8.213/1991
Licença-paternidade (nascimento de filho)
Observação: O entendimento predominante é que a contagem desses dias são corridos. Porém, a Instrução Normativa SRT nº 1/1988 definiu que a licença deve ser entendida como ampliação do antigo 1 (um) dia para 5 (cinco), assim, a contagem deve ser em dias úteis.
por 5 (cinco) dias. art. 7º, XIX da CF/1988
art. 10, § 1º do ADCT
art. 473, III da CLT/1943
Professor, no caso de faltas por casamento ou de luto em consequência de falecimento do cônjuge, pai mãe ou filho. por 9 das. art. 320, § 3º da CLT/1943
Realização de exames preventivos de câncer devidamente comprovada. até 3 (três) dias, em cada 12 (doze) meses de trabalho. art. 473, XII da CLT/1943
Representante de entidade sindical, quando estiver participando de reunião oficial de organismo internacional do qual o Brasil seja membro. pelo tempo que se fizer necessário. art. 473, IX da CLT/1943
Representante dos empregados como conciliadores nas Comissões de Conciliação Prévia (CCP). no período de atuação. art. 625-B, § 2º da CLT/1943
Representantes dos trabalhadores no Conselho Curador do FGTS. no período de atuação. art. 3º, § 7º da Lei nº 8.036/1990
Representantes dos trabalhadores no Conselho Nacional de Previdência (CNP). no período de atuação. art. 3º, § 6º da Lei nº 8.213/1991
Serviço eleitoral. o dobro dos dias de convocação. art. 365 da Lei nº 4.737/1965
art. 98 da Lei nº 9.54/1997
Serviço militar. no período de tempo em que tiver de cumprir as exigências do serviço. art. 473, VI da CLT/1943
Suspensão preventiva para responder a inquérito administrativo ou de prisão preventiva, quando for impronunciado ou absolvido. pelo período da suspensão. art. 131, caput, V da CLT/1943
Testemunhas, quando devidamente arroladas ou convocadas. no período necessário para seu comparecimento para depor. art. 822 da CLT/1943
art. 463, § único do CPC/2015
art. 459 c/c o art. 441 CPP/1941
Motivos diversos devidamente previstos em acordo, convenção ou dissídio coletivo de trabalho. pelos dias correspondentes. norma coletiva correspondente
Base Legal: Art. 473 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT/1943 (Checado pela Valor em 09/10/21).
Informações Adicionais:

Este material foi escrito no dia pelo(a) Valor Consulting e está atualizado até a doutrina e legislação vigente em (data da sua última atualização), sujeitando-se, portanto, às mudanças em decorrência das alterações doutrinárias e legais.

Lembramos que não é permitido a utilização dos materiais aqui publicados para fins comerciais, pois os mesmos estão protegidos por direitos autorais. Também não é permitido copiar os artigos, materias e arquivos do Portal Valor Consulting para outro site, sistema ou banco de dados para fins de divulgação em sites, revistas, jornais, etc. de terceiros sem a autorização escrita dos proprietários do Portal Valor Consulting.

A utilização para fins exclusivamente educacionais é permitida, desde que indicada a fonte:

"Valor Consulting. Quais são as faltas (ou ausências) justificadas que o empregado pode dar sem desconto no seu salário? (Área: Direito do trabalho). Disponível em: https://www.valor.srv.br/artigo.php?id=1166&titulo=quais-sao-as-faltas-ou-ausencias-justificadas-que-o-empregado-pode-dar-sem-desconto-no-seu-salario. Acesso em: 25/10/2021."

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Norma lista piores formas de trabalho infantil (lista TIP) e regulamenta ação imediata para sua eliminação

No presente trabalho listamos detalhadamente (item à item) as piores formas de trabalho infantil, bem como as ações imediatas para sua eliminação. O texto se funda no Decreto nº 6.481/2008, bem como na Convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Direito do trabalho


Jornada de trabalho 12 X 36 horas

A jornada de trabalho é o período diário durante o qual o trabalhador está à disposição do seu empregador, tendo em vista o contrato de trabalho previamente firmado entre as partes. A partir da Reforma Trabalhista, levada a efeito pela Lei nº 13.467/2017, restou regulamentado a jornada de trabalho de 12 X 36 horas para todos os contratos de trabalho, ou seja, 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso. Neste trabalho analisaremos a referida jornada de 12 X 36 de f (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Direito do trabalho


Convenção coletiva e acordo coletivo de trabalho

O presente Roteiro de Procedimentos visa apresentar aos nossos leitores a diferença entre convenção coletiva e acordo coletivo de trabalho, bem como as condições para a celebração de cada um, suas vigências, a recusa às negociações por parte de sindicatos e empresas, entre outros pontos não menos importantes. Este material se funda na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT/1943) e em outras normas esparsas, todas devidamente citadas no decorrer do texto. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Direito do trabalho


Trabalhadores contratados ou transferidos para prestar serviços no exterior

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos todas as disposições que as empresas devem observar ao contratarem ou transferirem trabalhados para prestar serviços no exterior. Para tanto, utilizaremos como fonte principal de estudo a Lei 7.064/1982, que atualmente dispõe sobre a situação desses trabalhadores, bem como outras citadas ao longo do texto. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Direito do trabalho


Registro de empregados

Trataremos no presente Roteiro de Procedimentos sobre a obrigatoriedade e os procedimentos legais para registro do empregado contratado. Para tanto, utilizaremos como base de estudo a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT/1943), a Portaria MTE nº 41/2007, que atualmente disciplina o registro e a anotação de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) de empregados, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Direito do trabalho


Agência Brasil explica como funciona o programa Jovem Aprendiz

Fruto de uma lei em vigor há quase 21 anos, o Programa Jovem Aprendiz é uma iniciativa federal que visa estimular empresas e órgãos públicos a contratar jovens de 14 a 24 anos de idade, bem como pessoas com necessidades especiais, sem limite de idade. Além de oferecer aos jovens uma oportunidade de aprendizagem profissional e, em muitos casos, uma via de entrada para o mercado formal de trabalho, a política pública de estímulo à contratação de aprendizes també (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Divulgado Fator Acidentário de Prevenção (FAP) com vigência para 2022

Já estão disponíveis para acesso pelas empresas as informações referentes ao Fator Acidentário de Prevenção (FAP) 2021, com vigência para o ano de 2022 - conforme portaria MTP/ME nº 2, publicada no último dia 21 de setembro. O fator foi calculado para o universo de 3.352.858 estabelecimentos. O FAP pode ser consultado nos sites do Ministério do Trabalho e Previdência, na sessão de Saúde e Segurança do Trabalhador - CLIQUE AQUI - e da Receita Federal do Bras (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Lei garante à gestante afastamento do trabalho presencial na pandemia

A Presidência da República sancionou a Lei 14.151, que garante regime de teletrabalho às trabalhadoras gestantes durante a pandemia de covid-19. A norma foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13). O texto estabelece ainda que a substituição do trabalho presencial pelo remoto, para a trabalhadora gestante, deverá ocorrer sem redução de salário. A lei é originada do PL 3.932/2020, de autoria da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


CFC envia ofício à Caixa Econômica solicitando correções no sistema do Sefip

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) enviou um ofício à Caixa Econômica Federal (CEF) para apresentar problemas encontrados no funcionamento do aplicativo do Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (Sefip). No documento, o Conselho solicita que melhorias sejam implementadas no sistema para que ocorra o cumprimento da consolidação dos dados cadastrais e financeiros dos contribuintes e trabalhadores e repasse ao FGTS e à Previd (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Comunicado de Acidente de Trabalho (CAT) deverá ser feito pela internet

Portaria SEPRT/ME nº 4.334 estabelece procedimentos e informações para a Comunicação de Acidente de Trabalho A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (SEPRT/ME) modernizou a forma de comunicar os acidentes de trabalho. Com a publicação da Portaria SEPRT/ME nº 4.334, a partir do dia 8 de junho deste ano, a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) deverá ser feita por meio digital. O documento deverá ser formalizado, a dep (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Prazo da Rais 2020 é prorrogado e informações devem ser entregues até 30 de abril

Os programas GDRAIS e GDRAIS GENÉRICO serão bloqueados para empresas que fazem parte do grupo de obrigadas ao envio de eventos periódicos ao eSocial. A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho prorrogou o prazo de entrega da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ano-base 2020. A medida visa garantir o envio das informações pelas empresas diante das dificuldades impostas pela pandemia. A nova data é de 30 de abril. As empresas devem enviar info (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Saiba como obter a Carteira de Trabalho e Previdência Social Digital

O aplicativo da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) Digital existe desde 2017, contudo ele não substituía o documento físico. Isso ocorreu a partir de 2019, quando a versão digital passou a ser equivalente a carteira em papel, aquele livrinho de capa azul que muitos brasileiros conhecem. Ela veio para modernizar e facilitar o acesso às informações da vida laboral do trabalhador. Com o documento digital, com apenas um clique, todas as experiências prof (...)

Notícia postada em: .

Área: Trabalhista (Trabalhista)


Ajude o Portal:

Me chamo Raphael, sou o idealizador desse Portal. Aqui, todas as publicações são de livre acesso e gratuitas, sendo que a ajuda que recebemos dos leitores é uma das nossas poucas fontes de renda. Devido aos altos custos, estamos com dificuldades em mantê-lo, assim, pedimos sua ajuda.

Doações via Pix:

Que tal a proposta: Acessou um conteúdo e gostou, faça um Pix para nos ajudar:

Doações mensais:

Cadastre-se na lista de doadores mensais. A doação é realizada através de ambiente seguro, protegido e pode ser cancelada a qualquer momento:



Transferências bancárias e parcerias:

Se prefirir efetuar transferência bancária, entre em contato pelo fale Conosco e solicite os dados bancários. Também estamos abertos para parcerias.