Logomarca - Valor Consulting
Logomarca - Valor Consulting

Siga nas redes sociais:

Serviços de saúde: Trabalhados da limpeza e conservação e da manutenção de máquinas e equipamentos

Resumo:

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos os itens 32.8 e 32.9 da Norma Regulamentadora 32 (NR-32) que tratam dos cuidados necessários com os trabalhadores das áreas de limpeza e conservação e de manutenção de máquinas e equipamentos.

Postado em: - Área: Segurança e saúde do trabalho (SST).

1) Introdução:

Atualmente é a Norma Regulamentadora nº 32 (NR-32), aprovada pela Portaria MTE nº 485/2005, que cuida da segurança e da saúde dos profissionais que laboram na área de saúde, quais sejam: i) médicos; ii) enfermeiros; iii) auxiliares e técnicos de enfermagem; iv) atendentes de ambulatórios e hospitais; v) dentistas; vi) limpeza e manutenção de equipamentos hospitalar; vii) motoristas de ambulância; viii) entre outros envolvidos em serviços de saúde.

Trata-se da primeira norma brasileira criada para estabelecer diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores na área da saúde, bem como daqueles que exercem atividades de promoção e assistência à saúde em geral.

Para fins de aplicação desta NR entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.

As atividades relacionadas aos serviços de saúde são aquelas que, no entendimento do legislador, apresentam maior risco devido à possibilidade de contato com micro-organismos encontrados nos ambientes e equipamentos utilizados no exercício do trabalho, com potencial de provocar doenças nos trabalhadores, assim, a NR-32 foi criada para minimizar riscos e proporcionar um ambiente de trabalho mais saudável, prevenindo a saúde dos trabalhadores ligados à área.

Dentre os assuntos tratados pela norma, destacamos os seguintes itens:

  1. Dos Riscos Biológicos (Item 32.2 da NR-32);
  2. Dos Riscos Químicos (Item 32.3 da NR-32);
  3. Das Radiações Ionizantes (Item 32.4 da NR-32);
  4. Dos Resíduos - descarte (Item 32.5 da NR-32);
  5. Das Condições de Conforto por Ocasião das Refeições (Item 32.6 da NR-32);
  6. Das Lavanderias (Item 32.7 da NR-32);
  7. Da Limpeza e Conservação (Item 32.8 da NR-32);
  8. Da Manutenção de Máquinas e Equipamentos (Item 32.9 da NR-32).

A norma também cuida de orientar os profissionais sobre os riscos diários e prevenção de acidentes, através da capacitação inicial, contínua e sempre que houver mudança do local de trabalho.

No presente Roteiro de Procedimentos analisaremos os itens 32.8 e 32.9 da NR-32 que tratam dos cuidados necessários com os trabalhadores das áreas de limpeza e conservação e de manutenção de máquinas e equipamentos.

Nota Valor Consulting:

(1) Registra-se que a observância às regras da NR-32 não dispensa o cumprimento de outras normas sobre o assunto. O descumprimento de normas de segurança e medicina do trabalho poderá ensejar a aplicação e o pagamento de multa imposta por fiscais do trabalho.

Base Legal: Item 32.1 da Norma Regulamentadora nº 32 (NR-32), aprovada pela Portaria MTE nº 485/2005 e; Norma Regulamentadora (Checado pela Valor em 23/01/21).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

2) Limpeza e conservação:

Os trabalhadores que realizam a limpeza dos serviços de saúde devem ser capacitados, inicialmente e de forma continuada, quanto aos princípios de:

  1. higiene pessoal;
  2. risco biológico;
  3. risco químico;
  4. sinalização;
  5. rotulagem;
  6. equipamento de proteção individual (EPI);
  7. equipamento de proteção coletiva (EPC); e
  8. procedimentos em situações de emergência.

A comprovação da capacitação deve ser mantida no local de trabalho, à disposição da inspeção do trabalho.

Para as atividades de limpeza e conservação, cabe ao empregador, no mínimo:

  1. providenciar carro funcional destinado à guarda e transporte dos materiais e produtos indispensáveis à realização das atividades;
  2. providenciar materiais e utensílios de limpeza que preservem a integridade física do trabalhador;
  3. proibir a varrição seca nas áreas internas;
  4. proibir o uso de adornos.

As empresas de limpeza e conservação que atuam nos serviços de saúde devem cumprir, no mínimo, o disposto neste capítulo.

Base Legal: Item 32.8 da Norma Regulamentadora nº 32 (NR-32) (Checado pela Valor em 23/01/21).

3) Manutenção de máquinas e equipamentos:

Os trabalhadores que realizam a manutenção, além do treinamento específico para sua atividade, devem também ser submetidos a capacitação inicial e de forma continuada, com o objetivo de mantê-los familiarizados com os princípios de:

  1. higiene pessoal;
  2. riscos biológico (precauções universais), físico e químico;
  3. sinalização;
  4. rotulagem preventiva;
  5. tipos de EPC e EPI, acessibilidade e seu uso correto.

As empresas que prestam assistência técnica e manutenção nos serviços de saúde devem cumprir o disposto no parágrafo anterior.

Registra-se que todo equipamento deve ser submetido à prévia descontaminação para realização de manutenção. Na manutenção dos equipamentos, quando a descontinuidade de uso acarrete risco à vida do paciente, devem ser adotados procedimentos de segurança visando a preservação da saúde do trabalhador.

As máquinas, os equipamentos e as ferramentas, inclusive aquelas utilizadas pelas equipes de manutenção, devem ser submetidos à inspeção prévia e às manutenções preventivas de acordo com as instruções dos fabricantes, com a norma técnica oficial e legislação vigentes, observando-se, ainda, que:

  1. a inspeção e a manutenção devem ser registradas e estar disponíveis aos trabalhadores envolvidos e à fiscalização do trabalho;
  2. as empresas que prestam assistência técnica e manutenção nos serviços de saúde devem cumprir o disposto no caput deste parágrafo;
  3. o empregador deve estabelecer um cronograma de manutenção preventiva do sistema de abastecimento de gases e das capelas, devendo manter um registro individual da mesma, assinado pelo profissional que a realizou;
  4. os equipamentos e meios mecânicos utilizados para transporte devem ser submetidos periodicamente à manutenção, de forma a conservar os sistemas de rodízio em perfeito estado de funcionamento;
  5. os dispositivos de ajuste dos leitos devem ser submetidos à manutenção preventiva, assegurando a lubrificação permanente, de forma a garantir sua operação sem sobrecarga para os trabalhadores;
  6. os sistemas de climatização devem ser submetidos a procedimentos de manutenção preventiva e corretiva para preservação da integridade e eficiência de todos os seus componentes (2).

Nota Valor Consulting:

(2) O atendimento do disposto na letra "f" não desobriga o cumprimento da Portaria GM/MS n° 3.523/1998 e demais dispositivos legais pertinentes.

Base Legal: Item 32.9 da Norma Regulamentadora nº 32 (NR-32) (Checado pela Valor em 23/01/21).
Informações Adicionais:

Este material foi escrito no dia pelo(a) Valor Consulting e está atualizado até a doutrina e legislação vigente em (data da sua última atualização), sujeitando-se, portanto, às mudanças em decorrência das alterações doutrinárias e legais.

Lembramos que não é permitido a utilização dos materiais aqui publicados para fins comerciais, pois os mesmos estão protegidos por direitos autorais. Também não é permitido copiar os artigos, materias e arquivos do Portal Valor Consulting para outro site, sistema ou banco de dados para fins de divulgação em sites, revistas, jornais, etc. de terceiros sem a autorização escrita dos proprietários do Portal Valor Consulting.

A utilização para fins exclusivamente educacionais é permitida, desde que indicada a fonte:

"Valor Consulting. Serviços de saúde: Trabalhados da limpeza e conservação e da manutenção de máquinas e equipamentos (Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)). Disponível em: https://www.valor.srv.br/artigo.php?id=361&titulo=servicos-de-saude-trabalhados-da-limpeza-conservacao-manutencao-de-m%EF%BF%BD%EF%BF%BDquinas-equipamentos-seguranca-trabalho. Acesso em: 27/10/2021."

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Norma Regulamentadora nº 6 (NR-6): Colete à prova de balas

Teceremos no presente Roteiro de Procedimentos breves comentários a respeito da obrigatoriedade de fornecimento do colete à prova de balas aos trabalhadores, visando à proteção do tronco. Esse material toma por base a Norma Regulamentadora nº 6 que trata dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)


Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa)

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos às disposições presentes na legislação à respeito da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), com base na Norma Regulamentadora (NR) nº 5, aprovada pela Portaria MTB nº 3.214/1978 (DOU 06/07/1978), bem como em normas correlatas. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)


Proteção à saúde do trabalhador: Fumo em ambientes de uso coletivo (proibição no Estado de São Paulo)

No presente Roteiro de Procedimentos analisaremos as disposições da Lei nº 13.541/2009, que proíbe o consumo de cigarros, cigarrilhas, charutos ou qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, em ambientes de uso coletivo, públicos ou privados, no território do Estado de São Paulo. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)


Redução do intervalo para alimentação e repouso do trabalhador

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos as disposições da Portaria MTE nº 1.095/2010 que disciplina os requisitos para a redução do intervalo intrajornada. Vale mencionar que a mencionada Portaria tem como fundamento artigo 71, § 3º da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT/1943). (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)


Norma Regulamentadora nº 21 (NR-21): Trabalhos a céu aberto

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos a Norma Regulamentadora 21 (NR-21), aprovada pela Portaria GM nº 3.214/1978 (DOU de 06/07/1978) (com suas alterações posteriores), que estabelece as condições mínimas para àqueles trabalhadores que realizam suas atividades a céu aberto. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Segurança e saúde do trabalho (SST)


Ajude o Portal:

Me chamo Raphael, sou o idealizador desse Portal. Aqui, todas as publicações são de livre acesso e gratuitas, sendo que a ajuda que recebemos dos leitores é uma das nossas poucas fontes de renda. Devido aos altos custos, estamos com dificuldades em mantê-lo, assim, pedimos sua ajuda.

Doações via Pix:

Que tal a proposta: Acessou um conteúdo e gostou, faça um Pix para nos ajudar:

Doações mensais:

Cadastre-se na lista de doadores mensais. A doação é realizada através de ambiente seguro, protegido e pode ser cancelada a qualquer momento:



Transferências bancárias e parcerias:

Se prefirir efetuar transferência bancária, entre em contato pelo fale Conosco e solicite os dados bancários. Também estamos abertos para parcerias.