Logomarca - Valor Consulting
Logomarca - Valor Consulting

Siga nas redes sociais:

Registro E110 da EFD-ICMS/IPI - Apuração do ICMS - Operações Próprias

Manual: EFD-ICMS/IPI.

1) Introdução:

Veremos neste capítulo do Guia Prático o layout do Registro E110 do Sped-Fiscal, tem por objetivo informar os valores relativos à apuração do ICMS referentes às operações próprias.

Base Legal: Guia Prático da Escrituração Fiscal Digital - EFD-ICMS/IPI da Receita Federal do Brasil.

2) Layout:

O Registro E110 tem por objetivo informar os valores relativos à apuração do ICMS referentes às operações próprias. O registro deve ser apresentado inclusive nos casos de períodos sem movimento. Neste caso, os valores deverão ser apresentados zerados.

CampoDescriçãoTipoTam.Dec.Obrig
01 REG Texto fixo contendo "E110". C 004 - O
02 VL_TOT_DEBITOS Valor total dos débitos por "Saídas e prestações com débito do imposto". N - 02 O
03 VL_AJ_DEBITOS Valor total dos ajustes a débito decorrentes do documento fiscal. N - 02 O
04 VL_TOT_AJ_DEBITOS Valor total de "Ajustes a débito". N - 02 O
05 VL_ESTORNOS_CRED Valor total de Ajustes "Estornos de créditos". N - 02 O
06 VL_TOT_CREDITOS Valor total dos créditos por "Entradas e aquisições com crédito do imposto". N - 02 O
07 VL_AJ_CREDITOS Valor total dos ajustes a crédito decorrentes do documento fiscal. N - 02 O
08 VL_TOT_AJ_CREDITOS Valor total de "Ajustes a crédito". N - 02 O
09 VL_ESTORNOS_DEB Valor total de Ajustes "Estornos de Débitos". N - 02 O
10 VL_SLD_CREDOR_ANT Valor total de "Saldo credor do período anterior". N - 02 O
11 VL_SLD_APURADO Valor do saldo devedor apurado. N - 02 O
12 VL_TOT_DED Valor total de "Deduções". N - 02 O
13 VL_ICMS_RECOLHER Valor total de "ICMS a recolher" (11-12). N - 02 O
14 VL_SLD_CREDOR_TRANSPORTAR Valor total de "Saldo credor a transportar para o período seguinte". N - 02 O
15 DEB_ESP Valores recolhidos ou a recolher, extra-apuração. N - 02 O

Observações:

  1. Nível hierárquico: 3 - registro obrigatório;
  2. Ocorrência: um por período;
  3. Coluna Entrada e/ou Saída: O "O" significa que o campo deve ser sempre preenchido (ou apresentado). Já o "OC" significa que o campo deve ser preenchido (ou apresentado) sempre que houver a informação a ser apresentada. Por fim, o "N" significa que o registro não pode ser preenchido (ou apresentado).
Base Legal: Guia Prático da Escrituração Fiscal Digital - EFD-ICMS/IPI da Receita Federal do Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

2.1) Observações sobre o preenchimento:

* Campo 01 (REG): Valor Válido: [E110].


* Campo 02 (VL_TOT_DEBITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório de todos os documentos fiscais de saída que geram débito de ICMS. Deste somatório, estão excluídos os documentos extemporâneos ("COD_SIT" com valor igual "01"), os documentos complementares extemporâneos ("COD_SIT" com valor igual "07") e os documentos fiscais com CFOP 5.605 - Transferência de saldo devedor de ICMS de outro estabelecimento da mesma empresa. Devem ser incluídos os documentos fiscais com CFOP 1.605 - Recebimento, por transferência, de saldo devedor do ICMS de outro estabelecimento da mesma empresa.

O valor neste campo deve ser igual à soma dos "VL_ICMS" de todos os registros C190, C320, C390, C490, C590, C690, C790, C850, C890, D190, D300, D390, D410, D590, D690, D696, com as datas dos campos "DT_DOC" (C300, C405, C600, D300, D355, D400, D600) ou "DT_E_S" (C100, C500) ou "DT_DOC_FIN" (C700, D695) ou "DT_A_P" (D100, D500) dentro do período informado no Registro E100.

Quando o campo "DT_E_S" ou "DT_A_P" não for informado, utilizar o campo "DT_DOC".

Para os Estados que utilizam como data da escrituração a data de emissão, todos os documentos devem ser declarados na competência da emissão. Neste caso, se a data de saída ("DT_E_S" ou "DT_A_P") for posterior à data final informada no campo 03 do Registro E100, o campo referente à data de saída não deve ser preenchido.

Para os Estados que utilizam como data da escrituração a data de efetiva saída, todos os documentos devem ser declarados na competência específica da data de saída como documento regular ("COD_SIT" igual a "00"), obedecendo à legislação Estadual pertinente.


* Campo 03 (VL_AJ_DEBITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do campo "VL_ICMS" do Registro C197 e do Registro D197, se o 3º (terceiro) caractere do campo "COD_AJ" dos Registro C197 ou do Registro D197 for igual a "3", "4" ou "5" e o 4º (quarto) caractere for igual a "0", "3", "4", "5", "6", "7" ou "8". Deste somatório, estão excluídos os documentos extemporâneos ("COD_SIT" com valor igual "01") e os documentos complementares extemporâneos ("COD_SIT" com valor igual "07"), cujos valores devem ser prestados no campo "DEB_ESP" juntamente com os demais valores extra-apuração.

Serão considerados os registros cujos documentos estejam compreendidos no período informado no Registro E100, utilizando para tanto o campo "DT_E_S" (Registro C100) e "DT_DOC" ou "DT_A_P" (Registro D100). Quando o campo "DT_E_S" (Registro C100) for vazio, utilizar o campo "DT_DOC".


* Campo 04 (VL_TOT_AJ_DEBITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do campo "VL_AJ_APUR" dos Registros E111, se o 3º (terceiro) caractere for igual a "0" e o 4º (quarto) caractere do campo "COD_AJ_APUR" do Registro E111 for igual a "0".


* Campo 05 (VL_ESTORNOS_CRED): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do campo "VL_AJ_APUR" dos Registros E111, se o 3º (terceiro) caractere for igual a "0" e o 4º (quarto) caractere do campo "COD_AJ_APUR" do Registro E111 for igual a "1".


* Campo 06 (VL_TOT_CREDITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório de todos os documentos fiscais de entrada que geram crédito de ICMS. O valor neste campo deve ser igual à soma dos "VL_ICMS" de todos os registros C190, C590, D190 e D590. Deste somatório, estão excluídos os documentos fiscais com CFOP 1.605 - Recebimento, por transferência, de saldo devedor de ICMS de outro estabelecimento da mesma empresa e incluídos os documentos fiscais com CFOP 5.605 - Transferência de saldo devedor de ICMS de outro estabelecimento da mesma empresa. Os documentos fiscais devem ser somados conforme o período informado no Registro E100 e a data informada no campo "DT_E_S" (Registro C100, Registro C500) ou campo "DT_A_P" (Registro D100, Registro D000), exceto se "COD_SIT" do documento for igual a "01" (extemporâneo) ou igual a "07" (NF Complementar extemporânea), cujo valor será somado no 1º (primeiro) período de apuração informado no Registro E100.

Quando o campo "DT_E_S" ou "DT_A_P" não for informado, é utilizada a data constante no campo "DT_DOC".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

* Campo 07 (VL_AJ_CREDITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do campo "VL_ICMS" do Registro C197 e do Registro D197, se o 3º (terceiro) caractere do código de ajuste do Registro C197 ou do Registro D197 for "0", "1" ou "2" e o 4º (quarto) caractere for "0", "3", "4", "5", "6", "7", ou "8". Devem ser considerados os documentos fiscais compreendidos no período informado no Registro E100, analisando-se as datas informadas no campo "DT_E_S" do Registro C100 e "DT_DOC" ou "DT_A_P" do Registro D100, exceto se "COD_SIT" do Registro C100 e Registro D100 for igual a "01" (extemporâneo) ou igual a "07" (Complementar extemporânea), cujo valor deve ser somado no 1º (primeiro) período de apuração informado no Registro E100.


* Campo 08 (VL_TOT_AJ_CREDITOS): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório dos valores constantes dos Registros E111, quando o 3º (terceiro) caractere for igual a "0" e o 4º (quarto) caractere for igual a "2", do "COD_AJ_APUR" do Registro E111.


* Campo 09 (VL_ESTORNOS_DEB): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do "VL_AJ_APUR" dos Registros E111, quando o 3º (terceiro) caractere for igual a "0" e o 4º (quarto) caractere for igual a "3", do "COD_AJ_APUR" do Registro E111.


* Campo 11 (VL_SLD_APURADO): Validação: o valor informado deve ser preenchido com base na expressão: soma do total de débitos ("VL_TOT_DEBITOS") com total de ajustes ("VL_AJ_DEBITOS" + "VL_TOT_AJ_DEBITOS") com total de estorno de crédito ("VL_ESTORNOS_CRED") menos a soma do total de créditos ("VL_TOT_CREDITOS") com total de ajuste de créditos ("VL_AJ_CREDITOS + "VL_TOT_AJ_CREDITOS") com total de estorno de débito ("VL_ESTORNOS_DEB") com saldo credor do período anterior ("VL_SLD_CREDOR_ANT"). Se o valor da expressão for maior ou igual a "0" (zero), então este valor deve ser informado neste campo e o campo 14 ("VL_SLD_CREDOR_TRANSPORTAR") deve ser igual a "0" (zero).

Se o valor da expressão for menor que "0" (zero), então este campo deve ser preenchido com "0" (zero) e o valor absoluto da expressão deve ser informado no campo "VL_SLD_CREDOR_TRANSPORTAR".


* Campo 12 (VL_TOT_DED): Validação: o valor informado deve corresponder ao somatório do campo "VL_ICMS" do Registro C197 e do Registro D197, se o 3º (terceiro) caractere do código de ajuste do Registro C197 ou do Registro D197, for "6" e o 4º (quarto) caractere for "0", somado ao valor total informado nos Registros E111, quando o 3º (terceiro) caractere for igual a "0" e o 4º (quarto) caractere for igual a "4", do campo "COD_AJ_APUR" do Registro E111.

Para o somatório do campo "VL_ICMS" do Registro C197 e do Registro D197 devem ser considerados os documentos fiscais compreendidos no período informado no Registro E100, comparando com a data informada no campo "DT_E_S" do Registro C100 e "DT_DOC" ou "DT_A_P" do Registro D100, exceto se "COD_SIT" do Registro C100 for igual a "01" (extemporâneo) ou igual a "07" (Complementar extemporânea), cujo valor deve ser somado no 1º (primeiro) período de apuração informado no Registro E100, quando houver mais de um período de apuração. Quando o campo "DT_E_S" não for informado, utilizar o campo "DT_DOC".

Neste campo são informados os valores que, segundo a legislação da UF, devam ser tratados como "Dedução do imposto", ainda que no campo "VL_SLD_APURADO" tenha como resultado o valor zero.


* Campo 13 (VL_ICMS_RECOLHER): Validação: o valor informado deve corresponder à diferença entre o campo "VL_SLD_APURADO" e o campo "VL_TOT_DED". Se o resultado dessa operação for negativo, informe o valor zero neste campo, e o valor absoluto correspondente no campo "VL_SLD_CREDOR_TRANSPORTAR". Verificar se a legislação da UF permite que dedução seja maior que o saldo devedor.

O valor da soma deste campo com o campo "DEB_ESP" deve ser igual à soma dos valores do campo "VL_OR" do Registros E116.


* Campo 14 (VL_SLD_CREDOR_TRANSPORTAR): Validação: se o valor da expressão: soma do total de débitos ("VL_TOT_DEBITOS") com total de ajustes ("VL_AJ_DEBITOS" + "VL_TOT_AJ_DEBITOS") com total de estorno de crédito ("VL_ESTORNOS_CRED") menos a soma do total de créditos ("VL_TOT_CREDITOS") com total de ajuste de créditos ("VL_AJ_CREDITOS" + "VL_TOT_AJ_CREDITOS") com total de estorno de débito ("VL_ESTORNOS_DEB") com saldo credor do período anterior ("VL_SLD_CREDOR_ANT") for maior que "0" (zero), este campo deve ser preenchido com "0" (zero) e o campo 11 ("VL_SLD_APURADO") deve ser igual ao valor do resultado. Se for menor que "0" (zero), o valor absoluto do resultado deve ser informado neste campo e o campo "VL_SLD_APURADO" deve ser informado com "0" (zero).


* Campo 15 (DEB_ESP): Preenchimento: Informar o correspondente ao somatório dos valores:

  1. de ICMS correspondentes aos documentos fiscais extemporâneos ("COD_SIT" igual a "01") e dos documentos fiscais complementares extemporâneos ("COD_SIT" igual a "07"). No PVA, estes valores podem ser verificados no resumo do Relatório dos Registros Fiscais de Documentos de Saídas (totalização por "CST_ICMS" e "CFOP"), constante das últimas páginas;
  2. de ajustes do campo "VL_ICMS" do Registro C197 e do Registro D197, se o 3º (terceiro) caractere do código informado no campo "COD_AJ" do do Registro C197 e do Registro D197 for igual a "7" (débitos especiais) e o 4º (quarto) caractere for igual a "0" (operações próprias) referente aos documentos compreendidos no período a que se refere a escrituração. No PVA, estes valores podem ser verificados nos resumos dos Relatórios dos Registros Fiscais de Documentos de Saídas e de Entradas (totalização dos ajustes constante das últimas páginas); e
  3. de ajustes do campo "VL_AJ_APUR" do Registro E111, se o 3º (terceiro) caractere do código informado no campo "COD_AJ_APUR" do Registro E111 for igual a "0" (apuração ICMS próprio) e o 4º (quarto) caractere for igual a "5" (débito especial). No PVA, estes valores podem ser verificados nos demonstrativos dos ajustes ao final do Relatório de Registros Fiscais da Apuração do ICMS – Registro E111 - códigos específicos para débitos especiais.

Validação: O valor da soma deste campo com o campo "VL_ICMS_RECOLHER" deve ser igual à soma dos valores do campo "VL_OR" do Registros E116.

Base Legal: Guia Prático da Escrituração Fiscal Digital - EFD-ICMS/IPI da Receita Federal do Brasil.

2.2) Alterações do layout:

Até a última atualização desta publicação no Portal Valor Consulting, foram processadas as seguintes alterações no layout do Registro E110 da EFD-ICMS/IPI (Sped-Fiscal), conforme Guia Prático EFD-ICMS/IPI publicado no Portal do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped). É a Equipe Valor Consulting trazendo o que há de melhor para vocês, nossos estimados leitores.

Precisou de assessoria e/ou consultoria em EFD-ICMS/IPI, entre em contato com nossa equipe comercial através do nosso Fale Conosco. Faça como outras empresas e profissionais, seja um cliente de valor você também!

VersãoVigente a partir deAlteração
Data
2.0.308/12/2010.Preenchimento do campo 15 do registro E110.
2.0.611/201120/09/2011Registro E110 - Alterada as instruções de preenchimento do campo 15.
2.0.1006/201201/10/2012Dispensa de preenchimento dos campos PIS e Cofins em toda a EFD-ICMS/IPI.
2.0.1109/201210/10/2012Os contribuintes que entregarem a EFD-Contribuições relativa ao mesmo período de apuração do registro 0000 estão dispensados do preenchimento dos campos referentes às contribuições para PIS/COFINS.
2.0.1109/201210/10/2012Inclusão da obrigatoriedade dos registros por perfis.
2.0.1512/12/2014.Controle do saldo credor de ICMS no período informado no registro 0000 se no registro E110 for informado período de apuração inferior a mensal.
Base Legal: Equipe Valor Consulting.
Informações Adicionais:

Este material está atualizado até a legislação vigente em 04/04/2020 (data da sua última atualização), sujeitando-se, portanto, às mudanças em decorrência das alterações legais.

Não é permitido copiar as publicações do Portal Valor Consulting para outro site, revista, jornal ou qualquer outro meio, salvo se expressamente autorizado pelos proprietários do Portal. A utilização para fins exclusivamente educacionais é permitida, desde que indicada a fonte:

"Valor Consulting. Registro E110. Disponível em: https://www.valor.srv.br/guias/guiasIndex.php?idGuia=136. Acesso em: 12/06/2021."

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Produtos sujeitos ao selo de controle do IPI

No presente Roteiro de Procedimentos listamos os produtos sujeitos ao selo de controle do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) afim de auxiliar nossos amigos que militam na área tributária, bem como listamos as hipóteses em que a selagem é dispensada. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)


ICMS: Reajustamento de preço de mercadorias

Analisaremos no presente Roteiro os procedimentos fiscais a serem adotados pelos estabelecimentos vendedor e comprador caso ocorra o reajustamento de preço após a data da saída efetiva dos produtos anteriormente comercializados. Para tanto, utilizaremos como base de estudo o Regulamento do ICMS (RICMS/2000-SP), aprovado pelo Decreto nº 45.490/2000, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: ICMS São Paulo


Como evitar as compras por impulso?

A moda, a publicidade, as opções de pagamento. Não se engane, tudo isso procura despertar nas pessoas – inclusive em você – a vontade de comprar. Nada de errado com isso, até o momento em que as aquisições sucessivas, inclusive de itens que não são fundamentais, começam a incomodar e a pesar no bolso. A compulsão por compras pode destruir a vida financeira, além de também causar prejuízos sociais e familiares. Mas há formas simples e bem objeti (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Secretaria da Fazenda e Planejamento conclui integração total à Redesim

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz/SP) concluiu, em meados de maio, a integração total à Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios). A iniciativa visa desburocratizar, facilitar e agilizar os atos cadastrais relacionados a empresas praticados pelos cidadãos. A Redesim é um ambiente nacional que engloba os atores envolvidos no processo de abertura, baixa e al (...)

Notícia postada em: .

Área: Societário (Sociedades empresariais)


Ministério da Economia publica normativo que simplifica o empreendedorismo no Brasil

Norma legal traz facilidades para a abertura e manutenção de empresas no país. Com o objetivo de simplificar, desburocratizar e propiciar um ambiente mais favorável para a realização de negócios, bem como melhorar a posição do Brasil no Ranking Doing Business do Banco Mundial, o Ministério da Economia (ME) atualizou as normas de Registro Público de Empresas. A Instrução Normativa nº 55/2021, de iniciativa do Departamento Nacional de Registro Em (...)

Notícia postada em: .

Área: Economia e mercado (Economia e mercado)


Crianças e adolescentes sob guarda podem ser dependentes de segurados do INSS

Por maioria, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que crianças e adolescentes sob guarda podem ser incluídos entre os beneficiários do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em caso de morte do segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A decisão se deu, na sessão virtual finalizada em 7/6, no julgamento conjunto das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 4878 e 5083, ajuizadas, respectivamente, pela Procuradoria-Geral (...)

Notícia postada em: .

Área: Previdenciário (Previdenciário em geral)



Veja como consultar na Serasa as empresas que realizaram buscas do seu CPF ou CNPJ

Você se preocupa com seus dados e quer conferir as empresas que consultaram seu Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) nos últimos 24 (vinte e quatro) meses, então fique sabendo que a Serasa disponibiliza essa consulta aos consumidores de forma online e gratuita. Consultas desconhecidas ao seu CPF ou CNPJ ou empresas abertas em seu nome sem o seu consentimento podem ser indicativo de fraude! Fique de olho! (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Finanças pessoais


Adiantamentos a fornecedores

Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos o tratamento contábil que os profissionais da Contabilidade deverão observar ao registrar os adiantamentos feitos aos fornecedores para compra de bens, serviços ou pela obtenção de direitos que serão entregues ou transmitidos futuramente. Para tanto, utilizaremos como fonte de estudo os princípios e regras contábeis trazidos pela Lei nº 6.404/1976, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Manual de lançamentos contábeis


O que levar em conta antes de ir morar sozinho? Veja agora!

Chegou a hora de dar um grande passo: sair da casa dos pais e tocar a vida enquanto passa a morar sozinho. Entre as delícias da vida adulta estão a liberdade e a independência. A parte menos bacana é que essa decisão envolve um custo financeiro que não pode ser desprezado. Uma recomendação comum entre os especialistas em planejamento financeiro é simular um “teste” antes de fazer as malas. Coloque o seu orçamento estimado na ponta do lápis e tente (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Trabalhador em BH chamado pelo supervisor de “demônio” e “capeta” receberá indenização por danos morais

Testemunhas relataram que profissional era perseguido no ambiente de trabalho. Uma empresa de telemarketing, com unidade em Belo Horizonte (MG), terá que pagar indenização por danos morais a um ex-empregado que sofria assédio por parte do superior hierárquico. Testemunha ouvida no processo contou que, como forma de pressionar o cumprimento de metas, presenciou o supervisor chamando o trabalhador, autor da ação, de nomes pejorativos, como “demônio (...)

Notícia postada em: .

Área: Judiciário (Direito trabalhista)


Dica número 6 de como elaborar seu currículo

Anteriormente, escrevi 07 artigos, com dicas de como elaborar seu currículo. Se você ainda não os leu, sugiro de você iniciar a temática "Currículo" por eles... A elaboração do currículo é uma das principais dúvidas dos profissionais. Penso que seja porque há muitas abordagens do assunto, inclusive, várias delas são controversas, o que pode gerar confusão e insegurança na hora de elaborar esta ferramenta. A dica #6 é quanto a "Experiência pro (...)

Artigo postado em: .

Área: Trabalhista (Recursos Humanos)


Dicas para montar um controle financeiro eficiente

Assumir o controle das finanças é um passo essencial para realizar objetivos de vida e alcançar a tão sonhada segurança. E, para muitos, foi possível perceber que esse controle financeiro é mais que essencial. Mas para que isso se torne realidade, ter disciplina financeira é uma atitude inegociável. Na prática, isso quer dizer: aprender a organizar as finanças, ter controle de suas contas e garantir que sobre dinheiro no final do mês para formar uma r (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)