Logomarca - Valor Consulting
Logomarca - Valor Consulting

Siga nas redes sociais:

Dicas para montar um controle financeiro eficiente

Notícia postada em: - Área: Finanças pessoais.

Assumir o controle das finanças é um passo essencial para realizar objetivos de vida e alcançar a tão sonhada segurança. E, para muitos, foi possível perceber que esse controle financeiro é mais que essencial.

Mas para que isso se torne realidade, ter disciplina financeira é uma atitude inegociável. Na prática, isso quer dizer: aprender a organizar as finanças, ter controle de suas contas e garantir que sobre dinheiro no final do mês para formar uma reserva financeira e investir.

Nem sempre é possível fazer sobrar, mas o mais importante é ter controle das suas finanças sem que você tome aquele susto ao olhar pra sua conta no meio do mês.

Você está preparado para controlar suas finanças? Continue a leitura e confira nossas dicas valiosas!

10 dicas para alcançar a disciplina financeira

Não existe tempo ruim e nem bom para começar dar os primeiros passos em direção à disciplina financeira. Mas esse momento de incertezas e de altos e baixos da economia pode ser providencial para você sair do lugar.

Primeira dica: é preciso conhecer as suas receitas e despesas, categorizar seus gastos e cortar ou reduzir aqueles que não são necessários. Então, aprenda conosco a ter mais disciplina financeira e organizar as suas finanças sem complicação!

1. Conheça suas despesas

Analise sua conta-corrente e cartão de crédito para identificar todas as entradas e saídas que tem mensalmente. E não fique preocupado somente a valores, mas foque também na categorização dos gastos.

Quem é disciplinado financeiramente nunca gasta mais do que ganha. Então, se você identificar que suas receitas são menores do que as despesas ou, até mesmo, muito próximas é hora de partir para a ação e virar esse jogo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

2. Defina gastos prioritários e gastos supérfluos

Depois de analisar as entradas e saídas da conta, é preciso trabalhar separando os seus gastos em grupos, para diferenciar os prioritários dos supérfluos. No primeiro, entram despesas que são essenciais na sua vida, como moradia, alimentação, transporte, educação etc. No segundo, gastos que não afetariam seu dia a dia de forma estrutural se forem reduzidos ou cortados - como a compra de roupas, a troca de carro ou a ida a um restaurante mais caro.

Mas lembre-se de que ter disciplina financeira não é abrir mão de todo e qualquer gasto que não é essencial e, sim, conhecê-los para saber onde você pode economizar, em caso de necessidade.

3. Corte despesas desnecessárias

Depois de definir seus gastos prioritários e supérfluos, é hora de analisar o orçamento para identificar onde é possível reduzir ou cortar despesas que não são tão necessárias. Você precisa mesmo manter a mensalidade da Netflix, mesmo se não anda assistindo nada? E comer fora de casa todos os fins de semana?

Caso você não deseje cortar a despesa, pode analisar se é possível, pelo menos, reduzi-la. Não são poucas as pessoas que pagam um plano caríssimo de celular para ter acesso a mais dados móveis, mas pouco usam esse recurso, pois a maioria dos lugares que frequentam oferecem Wi-Fi. Então, alcançar disciplina financeira é uma questão de hábito. Por isso, reveja a forma como você consome e busque fazer adequações para o bem da sua vida financeira.

4. Controle os gastos

Além de adequar o orçamento com o corte ou redução de despesas desnecessárias, é preciso manter o gastos sob controle. Nesse caso, defina metas para cada categoria de despesa. Ter um valor máximo que pode gastar em cada área ajuda a assumir o controle sobre o próprio dinheiro e garantir que está usando suas receitas com o que realmente importa para você.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

5. Tente anota tudo o que gasta

Depois de definir metas de gasto para cada categoria do orçamento, tente anotar as principais despesas que fizer para garantir que está conseguindo se manter dentro do que estipulou.

É importante também anotar aquelas despesas inesperadas, mesmo que seja de baixo valor. Elas podem ter impacto no seu orçamento mensal e isso vai ajudar você a ter uma noção do que pode estar fugindo do controle.

É importante ter em mente que você não precisa fazer isso durante a vida toda. Um mês é tempo suficiente para conhecer seus principais gastos e entender em que categorias seu dinheiro está sendo usado. Com o tempo, o controle de gastos será algo automático na sua vida.

6. Escolha um método de controle

Depois de entender melhor quais são os seus gastos você pode, se desejar, escolher um método de controle com o qual se identifique e que funcione na sua rotina. Entre as opções estão: usar um aplicativo de controle financeiro, apostar nas planilhas de Excel ou, até mesmo, administrar tudo no bom e velho caderninho.

Depois de adquirir o hábito de prestar atenção nos seus gastos você pode não sentir a necessidade de anotar as despesas e, sim, apenas refletir sobre o que está gastando. A escolha é sua.

7. Pesquise preços

Para ter mais disciplina financeira é preciso também adquirir um outro hábito importante: sempre pesquisar preços antes de comprar qualquer coisa. Um mesmo item pode custar até o dobro do valor dependendo de onde você comprar.

Por isso, sempre faça uma pesquisa rápida na internet e em lojas físicas antes de fechar negócio. Outra forma de gastar menos é usar recursos como cupons de desconto e pagar à vista para conseguir um abatimento no valor total da sua compra.

8. Tenha atenção ao cartão de crédito

É impossível falar de disciplina financeira sem citar o cartão de crédito. Afinal, quando mal utilizada, essa forma de pagamento se torna uma das grandes vilãs das finanças saudáveis.

Quem tem dificuldades para resistir às compras por impulso deve considerar deixar o cartão de crédito em casa ou, até mesmo, reduzir seu limite para não comprar mais do que deve.

9. Fuja dos parcelamentos

Os parcelamentos infinitos dificultam o controle financeiro e podem ser armadilhas que levam o consumidor a gastar muito mais do que pode. Então, sempre que possível, evite parcelar uma compra. O ideal é saber o valor do item ou serviço que gostaria de comprar e juntar dinheiro mês a mês até ter o necessário.

Caso não possa esperar e precise mesmo parcelar, garanta que o valor de cada parcela está contemplado no planejamento financeiro mensal e que você tem o dinheiro necessário para arcar com essa despesa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

10. Invista seu dinheiro

Com as finanças sob controle, é hora de seguir adiante e dar um passo importante para a segurança financeira: investir seu dinheiro. Para acertar, considere seu perfil de investidor e seus objetivos com os investimentos e pesquise bastante sobre como investir para escolher produtos financeiros adequados àquilo que você precisa.

Investir é uma forma de garantir uma reserva financeira e também de não deixar o dinheiro parado na conta-corrente, correndo o risco de ser usado para itens que não são tão importantes para você.

Adquirir disciplina financeira é um passo importante para mudar hábitos e evitar comportamentos nocivos para as finanças, como gastos supérfluos e impulsividades. Siga nossas dicas e alcance a estabilidade e a segurança financeira para o futuro, garantindo que você estará preparado para todo e qualquer imprevisto da vida.

Na teoria, estas ações acima parecem ser trabalhosas e chatas, mas você vai ver que quando der os primeiros passos todas essas atitudes descritas serão naturais no seu dia a dia. Afinal, ter disciplina financeira é pra qualquer um sim… É só ter o foco e seguir a sua caminhada ruma a independência financeira.

Fonte: Como Investir (www.comoinvestir.anbima.com.br)

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Comprovação de vida perante o INSS: Quem não faz a prova de vida, tem o benefício bloqueado

Neste artigo analisaremos a regulamentação que trata da comprovação de vida perante o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), bem como a renovação de senha por parte dos beneficiários e a prestação de informações por meio das instituições financeiras pagadoras de benefícios aos beneficiários e ao INSS, incluindo residente no exterior. Vele lembrar que os beneficiários do INSS que não fazem a prova de vida, tem o benefício bloqueado! (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Benefícios previdenciários


IPI: Reajustamento de preço de produtos

Analisaremos no presente Roteiro os procedimentos fiscais a serem adotados pelos estabelecimentos vendedor e comprador caso ocorra o reajustamento de preço após a data da saída efetiva dos produtos anteriormente comercializados. Para tanto, utilizaremos como base de estudo o Regulamento do IPI (RIPI/2010), aprovado pelo Decreto nº 7.212/2010, o Parecer Normativo CST nº 245/1972, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)


Como evitar as compras por impulso?

A moda, a publicidade, as opções de pagamento. Não se engane, tudo isso procura despertar nas pessoas – inclusive em você – a vontade de comprar. Nada de errado com isso, até o momento em que as aquisições sucessivas, inclusive de itens que não são fundamentais, começam a incomodar e a pesar no bolso. A compulsão por compras pode destruir a vida financeira, além de também causar prejuízos sociais e familiares. Mas há formas simples e bem objeti (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Secretaria da Fazenda e Planejamento conclui integração total à Redesim

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz/SP) concluiu, em meados de maio, a integração total à Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios). A iniciativa visa desburocratizar, facilitar e agilizar os atos cadastrais relacionados a empresas praticados pelos cidadãos. A Redesim é um ambiente nacional que engloba os atores envolvidos no processo de abertura, baixa e al (...)

Notícia postada em: .

Área: Societário (Sociedades empresariais)


Ministério da Economia publica normativo que simplifica o empreendedorismo no Brasil

Norma legal traz facilidades para a abertura e manutenção de empresas no país. Com o objetivo de simplificar, desburocratizar e propiciar um ambiente mais favorável para a realização de negócios, bem como melhorar a posição do Brasil no Ranking Doing Business do Banco Mundial, o Ministério da Economia (ME) atualizou as normas de Registro Público de Empresas. A Instrução Normativa nº 55/2021, de iniciativa do Departamento Nacional de Registro Em (...)

Notícia postada em: .

Área: Economia e mercado (Economia e mercado)


Crianças e adolescentes sob guarda podem ser dependentes de segurados do INSS

Por maioria, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que crianças e adolescentes sob guarda podem ser incluídos entre os beneficiários do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em caso de morte do segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A decisão se deu, na sessão virtual finalizada em 7/6, no julgamento conjunto das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 4878 e 5083, ajuizadas, respectivamente, pela Procuradoria-Geral (...)

Notícia postada em: .

Área: Previdenciário (Previdenciário em geral)



Produtos sujeitos ao selo de controle do IPI

No presente Roteiro de Procedimentos listamos os produtos sujeitos ao selo de controle do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) afim de auxiliar nossos amigos que militam na área tributária, bem como listamos as hipóteses em que a selagem é dispensada. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)


ICMS: Reajustamento de preço de mercadorias

Analisaremos no presente Roteiro os procedimentos fiscais a serem adotados pelos estabelecimentos vendedor e comprador caso ocorra o reajustamento de preço após a data da saída efetiva dos produtos anteriormente comercializados. Para tanto, utilizaremos como base de estudo o Regulamento do ICMS (RICMS/2000-SP), aprovado pelo Decreto nº 45.490/2000, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: ICMS São Paulo


O que levar em conta antes de ir morar sozinho? Veja agora!

Chegou a hora de dar um grande passo: sair da casa dos pais e tocar a vida enquanto passa a morar sozinho. Entre as delícias da vida adulta estão a liberdade e a independência. A parte menos bacana é que essa decisão envolve um custo financeiro que não pode ser desprezado. Uma recomendação comum entre os especialistas em planejamento financeiro é simular um “teste” antes de fazer as malas. Coloque o seu orçamento estimado na ponta do lápis e tente (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Trabalhador em BH chamado pelo supervisor de “demônio” e “capeta” receberá indenização por danos morais

Testemunhas relataram que profissional era perseguido no ambiente de trabalho. Uma empresa de telemarketing, com unidade em Belo Horizonte (MG), terá que pagar indenização por danos morais a um ex-empregado que sofria assédio por parte do superior hierárquico. Testemunha ouvida no processo contou que, como forma de pressionar o cumprimento de metas, presenciou o supervisor chamando o trabalhador, autor da ação, de nomes pejorativos, como “demônio (...)

Notícia postada em: .

Área: Judiciário (Direito trabalhista)


Dica número 6 de como elaborar seu currículo

Anteriormente, escrevi 07 artigos, com dicas de como elaborar seu currículo. Se você ainda não os leu, sugiro de você iniciar a temática "Currículo" por eles... A elaboração do currículo é uma das principais dúvidas dos profissionais. Penso que seja porque há muitas abordagens do assunto, inclusive, várias delas são controversas, o que pode gerar confusão e insegurança na hora de elaborar esta ferramenta. A dica #6 é quanto a "Experiência pro (...)

Artigo postado em: .

Área: Trabalhista (Recursos Humanos)


Dicas para montar um controle financeiro eficiente

Assumir o controle das finanças é um passo essencial para realizar objetivos de vida e alcançar a tão sonhada segurança. E, para muitos, foi possível perceber que esse controle financeiro é mais que essencial. Mas para que isso se torne realidade, ter disciplina financeira é uma atitude inegociável. Na prática, isso quer dizer: aprender a organizar as finanças, ter controle de suas contas e garantir que sobre dinheiro no final do mês para formar uma r (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)