Logomarca - Valor Consulting
Logomarca - Valor Consulting

Siga nas redes sociais:

O que levar em conta antes de ir morar sozinho? Veja agora!

Notícia postada em: - Área: Finanças pessoais.

Chegou a hora de dar um grande passo: sair da casa dos pais e tocar a vida enquanto passa a morar sozinho. Entre as delícias da vida adulta estão a liberdade e a independência. A parte menos bacana é que essa decisão envolve um custo financeiro que não pode ser desprezado.

Uma recomendação comum entre os especialistas em planejamento financeiro é simular um “teste” antes de fazer as malas. Coloque o seu orçamento estimado na ponta do lápis e tente guardar, durante um mês, o valor inteiro das despesas que teria se estivesse morando sozinho. Se conseguir fazer isso uma, duas, três vezes, são grandes as chances de que a tentativa funcione! Mas por onde começar? O Como Investir te dá uma mãozinha.

A seguir, confira os principais gastos mensais recorrentes que quem mora sozinho precisa considerar!

Itens preciso levar em conta

Moradia

Sair da casa dos pais implica, obviamente, em pagar pelo próprio teto. As duas principais opções são alugar um cantinho para morar - um quarto, um apartamento ou uma casa - ou comprar um imóvel. O valor pode variar segundo o tamanho, a localização e as condições do lugar. De qualquer modo, esse será, provavelmente, o item mais relevante do seu orçamento mensal neste voo solo.

Condomínio

Se for morar em um prédio ou em um condomínio fechado, será preciso desembolsar uma taxa mensal pela administração das áreas coletivas. O valor pode ser elevado mesmo que o condomínio não ofereça muitos serviços ou opções de lazer, como piscina ou academia.

Isso porque a taxa também serve para pagar gastos com manutenção e a remuneração dos funcionários. O valor do condomínio de prédios que tenham portaria 24 horas, por exemplo, costuma ser mais alto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conta de água

É uma tendência a instalação de hidrômetros individuais em prédios e, assim, cada apartamento paga apenas pelo próprio consumo. Mas não são raros os condomínios em que a conta mensal é única e rateada entre os moradores.

Procure questionar sobre isso quando estiver escolhendo onde morar. Se a conta for dividida, verifique qual foi o gasto médio por apartamento nos últimos meses para ter ideia de quanto precisará desembolsar.

Conta de energia elétrica

Mesmo em prédios, a conta de energia elétrica - ao contrário da conta de água - é individualizada por apartamento. O tamanho dela depende das condições do lugar e dos hábitos de consumo de cada um. Se o chuveiro ou o fogão do apartamento forem elétricos, a conta encarece. Já quem passa a maior parte do dia fora de casa costuma ter um consumo menor.

Conta de telefone, internet e TV a cabo

Muitas operadoras de telecomunicações vendem pacotes de serviços, que podem ser muito completos - e, também, muito caros, quanto mais facilidades incluírem. É preciso avaliar com cuidado a contratação de um.

Muita gente tem optado por não manter telefone fixo, já que há planos vantajosos para linhas de celular. Também vale considerar a real necessidade da TV a cabo, já que os serviços de filmes e séries ondemand são cada vez mais comuns.

Serviços de limpeza e lavanderia

Lembre-se de que uma casa precisa de manutenção periódica. É você quem deve dar conta de limpar o ambiente e lavar as roupas. Caso não vá fazer isso sozinho, prepare-se para desembolsar algum dinheiro para contratar faxinas eventuais ou recorrentes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dicas para não passar aperto

Além dos itens com os quais você precisa lidar enquanto mora sozinho, separamos, também, dicas para você melhorar ainda mais essa nova etapa da sua vida. Acompanhe!

Pesquise bem e, se puder, alugue antes de comprar o seu “apê”

Essa é para quem já juntou um bom valor e pensa em comprar logo o seu apartamento. Para não se precipitar e comprar um imóvel que pode dar problemas no futuro, experimente tentar alugá-lo por um tempo para avaliar não só suas condições estruturais, como também:

Faça um levantamento dos custos e planeje

Morar sozinho significa também arcar sozinho com todos os custos da casa ou apartamento. Se antes você dividia aluguel, condomínio, compras no mercado etc. agora isso tudo ficará sob sua responsabilidade.

Por isso, é essencial anotar todos os custos que você terá, o que inclui pesquisar custos que não percebemos na hora, como impostos que chegam no começo do ano. Com base nesses gastos, você precisará planejar suas finanças para não se endividar e tornar essa etapa mais difícil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tenha uma reserva de emergência

É importante separar uma parte da sua renda para uma reserva de emergência, pois ela tende a proporcionar certa segurança financeira. Com ela, você poderá pagar:

Aprenda as tarefas de casa para economizar

Às vezes, quem mora com os pais e irmãos costuma dividir os afazeres domésticos ou nem isso, uma vez que os pais podem dar conta disso. Quando moramos sozinho, a realização desses serviços passa para a nossa responsabilidade - isso se quisermos viver em um ambiente higiênico e saudável.

Você poderá contratar outra pessoa para fazê-los, porém, se precisar economizar, será importante aprender a fazê-los. Vale até ver uns vídeos na internet para pegar alguns macetes na hora de executar as tarefas de casa.

Organize as contas e evite atrasos

Cuidado com a organização financeira, pois você poderá perder dinheiro pagando multas e juros por conta de atrasos ao pagar suas contas de casa. No início dessa etapa da sua vida, é importante tomar cuidado para não gastar demais e passar por dificuldades financeiras, especialmente porque não se tem a experiência ainda para lidar com todos os gastos que essa nova condição traz.

A importância de se planejar

Se planejar é importante para evitar apuros ao viver sozinho e não apenas no aspecto financeiro, uma vez que precisamos organizar nossa rotina para termos tempo de comer bem, realizar exercícios, descansar etc. Se você já tinha isso antes, agora terá de conciliar essas atividades com as que a manutenção de um lar demandam, como fazer faxina, consertar itens da casa, cozinhar etc.

Lembre-se também de se planejar economicamente para investir em ativos que possibilitem a você acumular patrimônio e melhorar sua situação financeira ao longo do tempo, especialmente se não tiver alguém com quem dividir as contas.


Fonte: Como Investir (www.comoinvestir.anbima.com.br)

ACOMPANHE AS ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Comprovação de vida perante o INSS: Quem não faz a prova de vida, tem o benefício bloqueado

Neste artigo analisaremos a regulamentação que trata da comprovação de vida perante o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), bem como a renovação de senha por parte dos beneficiários e a prestação de informações por meio das instituições financeiras pagadoras de benefícios aos beneficiários e ao INSS, incluindo residente no exterior. Vele lembrar que os beneficiários do INSS que não fazem a prova de vida, tem o benefício bloqueado! (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Benefícios previdenciários


IPI: Reajustamento de preço de produtos

Analisaremos no presente Roteiro os procedimentos fiscais a serem adotados pelos estabelecimentos vendedor e comprador caso ocorra o reajustamento de preço após a data da saída efetiva dos produtos anteriormente comercializados. Para tanto, utilizaremos como base de estudo o Regulamento do IPI (RIPI/2010), aprovado pelo Decreto nº 7.212/2010, o Parecer Normativo CST nº 245/1972, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)


Como evitar as compras por impulso?

A moda, a publicidade, as opções de pagamento. Não se engane, tudo isso procura despertar nas pessoas – inclusive em você – a vontade de comprar. Nada de errado com isso, até o momento em que as aquisições sucessivas, inclusive de itens que não são fundamentais, começam a incomodar e a pesar no bolso. A compulsão por compras pode destruir a vida financeira, além de também causar prejuízos sociais e familiares. Mas há formas simples e bem objeti (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Secretaria da Fazenda e Planejamento conclui integração total à Redesim

A Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo (Sefaz/SP) concluiu, em meados de maio, a integração total à Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios). A iniciativa visa desburocratizar, facilitar e agilizar os atos cadastrais relacionados a empresas praticados pelos cidadãos. A Redesim é um ambiente nacional que engloba os atores envolvidos no processo de abertura, baixa e al (...)

Notícia postada em: .

Área: Societário (Sociedades empresariais)


Ministério da Economia publica normativo que simplifica o empreendedorismo no Brasil

Norma legal traz facilidades para a abertura e manutenção de empresas no país. Com o objetivo de simplificar, desburocratizar e propiciar um ambiente mais favorável para a realização de negócios, bem como melhorar a posição do Brasil no Ranking Doing Business do Banco Mundial, o Ministério da Economia (ME) atualizou as normas de Registro Público de Empresas. A Instrução Normativa nº 55/2021, de iniciativa do Departamento Nacional de Registro Em (...)

Notícia postada em: .

Área: Economia e mercado (Economia e mercado)


Crianças e adolescentes sob guarda podem ser dependentes de segurados do INSS

Por maioria, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que crianças e adolescentes sob guarda podem ser incluídos entre os beneficiários do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em caso de morte do segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A decisão se deu, na sessão virtual finalizada em 7/6, no julgamento conjunto das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 4878 e 5083, ajuizadas, respectivamente, pela Procuradoria-Geral (...)

Notícia postada em: .

Área: Previdenciário (Previdenciário em geral)



Produtos sujeitos ao selo de controle do IPI

No presente Roteiro de Procedimentos listamos os produtos sujeitos ao selo de controle do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) afim de auxiliar nossos amigos que militam na área tributária, bem como listamos as hipóteses em que a selagem é dispensada. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)


ICMS: Reajustamento de preço de mercadorias

Analisaremos no presente Roteiro os procedimentos fiscais a serem adotados pelos estabelecimentos vendedor e comprador caso ocorra o reajustamento de preço após a data da saída efetiva dos produtos anteriormente comercializados. Para tanto, utilizaremos como base de estudo o Regulamento do ICMS (RICMS/2000-SP), aprovado pelo Decreto nº 45.490/2000, bem como outras fontes citadas ao longo do trabalho. (...)

Roteiro de Procedimentos atualizado em: .

Área: ICMS São Paulo


O que levar em conta antes de ir morar sozinho? Veja agora!

Chegou a hora de dar um grande passo: sair da casa dos pais e tocar a vida enquanto passa a morar sozinho. Entre as delícias da vida adulta estão a liberdade e a independência. A parte menos bacana é que essa decisão envolve um custo financeiro que não pode ser desprezado. Uma recomendação comum entre os especialistas em planejamento financeiro é simular um “teste” antes de fazer as malas. Coloque o seu orçamento estimado na ponta do lápis e tente (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)


Trabalhador em BH chamado pelo supervisor de “demônio” e “capeta” receberá indenização por danos morais

Testemunhas relataram que profissional era perseguido no ambiente de trabalho. Uma empresa de telemarketing, com unidade em Belo Horizonte (MG), terá que pagar indenização por danos morais a um ex-empregado que sofria assédio por parte do superior hierárquico. Testemunha ouvida no processo contou que, como forma de pressionar o cumprimento de metas, presenciou o supervisor chamando o trabalhador, autor da ação, de nomes pejorativos, como “demônio (...)

Notícia postada em: .

Área: Judiciário (Direito trabalhista)


Dica número 6 de como elaborar seu currículo

Anteriormente, escrevi 07 artigos, com dicas de como elaborar seu currículo. Se você ainda não os leu, sugiro de você iniciar a temática "Currículo" por eles... A elaboração do currículo é uma das principais dúvidas dos profissionais. Penso que seja porque há muitas abordagens do assunto, inclusive, várias delas são controversas, o que pode gerar confusão e insegurança na hora de elaborar esta ferramenta. A dica #6 é quanto a "Experiência pro (...)

Artigo postado em: .

Área: Trabalhista (Recursos Humanos)


Dicas para montar um controle financeiro eficiente

Assumir o controle das finanças é um passo essencial para realizar objetivos de vida e alcançar a tão sonhada segurança. E, para muitos, foi possível perceber que esse controle financeiro é mais que essencial. Mas para que isso se torne realidade, ter disciplina financeira é uma atitude inegociável. Na prática, isso quer dizer: aprender a organizar as finanças, ter controle de suas contas e garantir que sobre dinheiro no final do mês para formar uma r (...)

Notícia postada em: .

Área: Finanças (Finanças pessoais)